“La Chandeleur” – Atividade da Área Disciplinar de Francês

No dia cinco de fevereiro as aulas da disciplina de francês da E.B. 2,3 Cego do Maio foram transferidas para o Clube de Línguas, tendo assumido uma vertente mais prática, para a realização da atividade “La Chandeleur”.

Ao longo do dia, sete turmas dos 7.º, 8.º e 9.º anos, das professoras Beatriz Moreira e Olga Azevedo, assim como os alunos do 5.º e 6.º anos inscritos no Clube de Línguas contribuíram de forma muito empenhada para o sucesso desta atividade.

No início de cada aula, foi apresentada a origem da tradição francesa de se comerem crepes no dia dois de fevereiro, assim como algumas lendas que lhe estão associadas. Uma das lendas que mais curiosidade despertou nos nossos alunos foi a que diz que, para termos sorte, devemos fazer saltar um crepe na frigideira com a mão direita, enquanto a mão esquerda guarda uma moeda de ouro. Como demonstram as imagens, muitos foram os alunos que quiseram experimentar a sua sorte.

De seguida, foi apresentada a receita dos crepes, revendo-se o vocabulário sobre a alimentação, assim como os artigos partitivos, tendo finalmente chegado o momento mais esperado: a confeção dos crepes pelos alunos mais dotados e a degustação por todos.

De referir que a preocupação ecológica não foi descurada, tendo todos os alunos sido orientados para a separação correta do lixo.

Resta realçar o excelente comportamento dos nossos alunos e o seu envolvimento na atividade, que foram fundamentais para que todos os objetivos fossem atingidos.

A Representante da Área Disciplinar,

Beatriz Moreira

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Correntes em Rede II – a aprender é que a gente ensina

Vai decorrer, no âmbito das Correntes D’ Escritas, entre os dias 15 e 23 de fevereiro, a Oficina de Formação “Correntes em Rede II: A aprender é que a gente ensina” / II Encontro de Professores Bibliotecários da Póvoa de Varzim.

A Ação de formação é dirigida a professores com a colaboração da Rede de Bibliotecas Escolares.

A Mesa de Abertura, subordinada ao tema A aprender é que a gente ensina, com a participação de Luı́s Carmelo, Luı́s Diamantino, Maria Antonieta Cunha, Mafalda Milhões e Tino Freitas, tem lugar no dia 18, no Diana Bar, às 10h00.
No mesmo dia e no dia 19, entre as 16h00 e as 19h00 realizam-se as seguintes oficinas:
1. Imagem, texto e narrativa–Possidónio Cachapa (Diana Bar)
2. O espaço e a escrita– Isabel Rio-Novo (Fundação Dr. Luís Rainha)

Nos dias 20 e 21, entre as 16h00 e as 19h00 realizam-se em simultâneo as oficinas:
3. Escrever e contar – JoãoTordo (Diana Bar)
4. Escrita e  ocorpo– Isabel Bezelga (Cine-Teatro Garrett – Sala de Aquecimento)
5. Oficina mista: literatura,música–Ana Margarida de Carvalho (Universidade Sénior)

Dia 21, sexta-feira, às 19h30 , tem lugar a Sessão Plenária.

As inscrições para esta ação, que são limitadas, decorrem até ao dia 12 de fevereiro às 23h59. Encerrarão mais cedo se atingirem o limite.

Durante os vários dias do Festival os professores participarão nas mesas da Programação do Correntes d’Escritas

EB1/JI da Giesteira Preocupada com o Ecossistema Marinho Envolve Comunidade em Atividade envolvendo a LIPOR

Os pais e os encarregados de educação dos alunos da EB1/JI Giesteira aderiram com entusiasmo à atividade proposta pelas docentes, e que teve a colaboração de Joana Oliveira, da LIPOR.

Esta atividade foi dividida em dois momentos e tinha como principal intenção despertar, em todos os presentes, a urgente necessidade de mudarmos os hábitos de consumo.

Na sala de aula, durante o horário letivo, os alunos participaram numa atividade prática, dinamizada pela Joana Oliveira, para entenderem como a presença de plásticos nos ecossistemas marinhos cria impactos negativos nos oceanos e nas praias.

No final do dia, alunos e familiares transformaram uma “velha” t-shirt em um saco “novo” para irem às compras.

Ambas as atividades concretizaram o propósito de desenvolver nos alunos uma cultura cívica e de mobilizar toda a comunidade educativa na sua formação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Workshop “Desafios do 3.º ciclo”

O Serviço de Psicologia e Orientação (SPO)  realizou no dia 29/01/2020 às 18:00, no auditório da EB 2/3 Cego do Maio, um Workshop “Desafios do 3.º ciclo” destinado a esclarecer o papel dos pais e Encarregados de Educação dos alunos do 3.º ciclo enquanto facilitadores nos processos de transição e na gestão da carreira/apoio à construção de projetos pessoais e profissionais dos seus educandos. Foram ainda apresentados os objetivos e os mecanismos de funcionamento do processo de Orientação Escolar e Profissional que está a ser desenvolvido  junto dos alunos do 9.º ano de escolaridade.

Tens Uma Boa Ideia?

 

Os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico vão poder decidir quais as melhorias a introduzir nos seus estabelecimentos de ensino, de uma forma democrática, no âmbito do Orçamento Participativo das Escolas (OPE).

Através desta medida, pretende-se dar voz aos alunos e resposta às suas necessidades e interesses, assim como promover a sua participação cívica. Para tal, deves divulgar o projeto OPE junto da tua turma para que possam desenvolver e apresentar propostas até ao final de fevereiro.

As propostas devem identificar claramente uma melhoria pretendida na tua escola, através da aquisição de bens e/ou serviços que sejam necessários ou convenientes para a beneficiação do espaço escolar e/ou da forma da sua utilização ou ainda destinados a melhorar os processos de ensino aprendizagem e do qual possa beneficiar ou vir a beneficiar toda a comunidade escolar.

Para serem votadas, as medidas devem ter em conta o montante atribuído a cada escola e contar com o apoio de, pelo menos, 5% dos estudantes. As propostas devem ser votadas pelos estudantes no dia 24 de março (Dia do Estudante) e adotadas em 2020.

O Orçamento Participativo da Escola no Agrupamento de Escolas Cego do Maio é organizado com os seguintes prazos:

1. Abertura do procedimento para apresentação de propostas: >> final do mês de janeiro;
2. Desenvolvimento e apresentação de propostas: >> final do mês de fevereiro;
3. Divulgação das propostas: >> até 6 de março;

  1. Debate das propostas: >> 9 e 10 de março;
    5. Votação das propostas: >> 24 de março;
    6. Divulgação dos resultados: >> até ao final de março;
    7. Planeamento da execução: >> até ao final de maio;
    8. Execução da medida: >> até ao final do respetivo ano civil.

 

PARTICIPA!  Divulga junto da tua Turma

Para mais informações fala com o teu Diretor de Turma.

Sessão de esclarecimento sobre o OPE, para Delegados e Subdelegados de turma no dia 30 de janeiro às 11:20min. no Auditório da escola.

Debate das propostas, no Auditório da escola, nos dias 9 e 10 de março de acordo com o calendário seguinte:

  9 de março de 2020 10 de março de 2020
14:20 – 15:10 8.º A, 8.º B, 8.º C, 9.º C 7.º A, 7.º E, 8.º D
15:20 – 16:10 7.º D, 8.º E, 9.º A, 9.º D 7.º B, 7.º C, 9.º B

 

Podes consultar o regulamento do projeto e saber mais em:  https://opescolas.pt/

Concurso Nacional de Leitura – 2.ª fase concelhia

Decorreu ontem, dia 28 de janeiro, entre as 9h30 e as 16h00, na Biblioteca Diana Bar, a 2.ª fase das provas concelhias, da 14ª edição do Concurso Nacional de Leitura.

Esta Fase teve como destinatários 40 alunos dos Agrupamentos de Escolas e Escolas Não Agrupadas do concelho da Póvoa de Varzim, do 1.º, 2.º e 3.º CEB e Ensino Secundário que ficaram aprovados no 1.º momento “Prova nas Escolas/Agrupamentos”.

A Angélica Santos e o Lucas Pereira, apurados do 1.º Ciclo, da Escola do Século, o Gonçalo Alexandre e a Beatriz Peixoto do 2.º Ciclo e a Íris Carvalho do 3.º Ciclo da EB 2,3 Cego do Maio, representaram o nosso Agrupamento.

O objetivo do Concurso Nacional de Leitura é estimular o gosto e o prazer da  leitura para melhorar o domínio da língua portuguesa, a compreensão leitora e os hábitos de leitura.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Alunos participam na Campanha do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

Porque na atualidade se impõe lembrar para que não se repita…a educação tem a responsabilidade de ensinar sobre o horror vivido nos campos de concentração e de extermínio.

Alunos do 3.º Ciclo da EB 2,3 Cego do Maio celebraram hoje o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto e os 75 anos da Libertação dos campos de concentração de Auschwitz, participando na campanha #WeRemember

Esta comemoração realizou-se nas aulas de Inglês da professora Ana Ribeiro e serviu para promover a tolerância, a inclusão e o respeito pelos Direitos Humanos. Estiveram envolvidas as turmas E do 7.º ano, C do 8.º ano e D do 9.ºano.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto é celebrado anualmente no dia 27 de janeiro e é organizado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, também conhecida como UNESCO.
Esta data é no dia 27 de Janeiro em virtude do aniversário da libertação do Campo de Concentração e Extermínio Nazista de Auschwitz-Birkenau pelas tropas soviéticas em 27 de janeiro de 1945.
Esta data tem dois objetivos muito importantes: em primeiro lugar, serve para prestar homenagem à memória das vítimas do Holocausto e, em segundo lugar,  compromete-se a combater o anti-semitismo, o racismo e quaisquer  outras formas de intolerância que podem levar à violência em grupo.

Fonte: https://eurocid.mne.gov.pt/eventos/dia-internacional-em-memoria-das-vitimas-do-holocausto

 

Encontro Erasmus+ em Espanha – “Bon Appetit Europe!”

Realizou-se entre os dias 13 e 17 de janeiro o primeiro encontro do Projeto Erasmus+  “Bon Appetit Europe!  na escola coordenadora espanhola em Gijón,  Colegio Virgen Mediadora Fundación Educativa Francisco Coll.

Neste encontro participaram 6 alunos da EB 2.3 Cego do Maio e 6 alunos de cada uma das escolas parceiras da Croácia e República Checa, sendo acompanhados pelas docentes Ana Maria Peixoto e Lucinda Vieira. Todos os alunos participantes, entre os 11 e 12 anos, foram muito bem recebidos e acarinhados pelas famílias espanholas onde ficaram alojados ao longo da semana e, na escola,  participaram em diversas atividades relacionadas com a temática do projeto e que incluiu uma visita a uma quinta biológica de produtos lácteos, “Los Caserinos” e a uma fábrica de cidra em Oviedo. Realizaram ainda atividades em grupos transnacionais sob o tema “da colheita à mesa”, participaram num workshop de petiscos e sobremesas asturianas, orientado pelas famílias e numa “merienda” de convívio entre alunos, pais e professores para provar as iguarias.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Num extenso programa compreendido diariamente entre as 8h30 e as 18h30, os alunos realizaram ainda vários jogos de apresentação/conhecimento, robótica,  de inteligência emocional e práticas de Mindfulness.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A coordenadora local do projeto, Ana Ribeiro, e o professor bibliotecário, Delfim Fernandes, acompanharam a viagem dos alunos e participaram ao longo da semana em sessões de formação docente com outros docentes das diferentes equipas: partilha de boas práticas eTwinning ( apresentadas pelas equipas de Portugal e Croácia); partilha de boas práticas em metodologias baseadas em ensino por projeto (Project based learning) e práticas de Inteligência emocional, como o Mindfulness ( apresentadas pela equipa de Espanha); partilha de estratégias/ferramentas web e de robótica no ensino (apresentadas pela equipa da República Checa).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para além das atividades inerentes ao projeto, todos tiveram a oportunidade de visitar os diferentes níveis de ensino do colégio (pré-escolar ao ano pré-universitário), que ministra as aulas em regime bilingue e promove de forma sistemática o tipo de aprendizagem baseada nas metodologias de projeto onde se incrementa e promove o espírito crítico, a responsabilização, a autonomia e o trabalho cooperativo e colaborativo. Alunos e professores participaram ainda num workshop com um embaixador eTwinning espanhol, onde reforçaram os conhecimentos para a utilização dos fórums  da página do projeto na plataforma para continuar a trabalhar colaborativamente no projeto à distância. Foram ainda abordadas questões de segurança na internet e netiquette.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No último dia, sexta-feira, as equipas foram recebidas no Salão Nobre Câmara Municipal de Gijon.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Durante o seu pouco tempo livre, após as 18h30, os alunos acompanharam os alunos anfitriões nas suas rotinas, passatempos e vida familiar, tendo vivenciado experiências únicas, como visitas aos pontos mais turísticos da cidade, restaurantes, monumentos e até uma ida a um jogo de futebol ao estádio de Gijon.

O Erasmus+ começou já a marcar expressivamente os alunos deste projeto, numa experiência única de aprendizagem, com um período de duração até agosto de 2021. Este intercâmbio escolar deu-lhes a oportunidade única de interagirem com a comunidade espanhola e os alunos provenientes das outras escolas parceiras e a criação de elos de amizade e camaradagem com diversos jovens europeus.

Em março de 2020 realiza-se a segunda mobilidade deste projeto, na cidade de Hranice, República Checa e que terá um grupo de alunos de 6.º ano a representar a nossa escola. Para aí viajarão novamente as mascotes de cada um dos países que vão registando em diário as suas experiências:

TVRTKO (Croácia); CAVADONGA(Espanha); TONE MAIO(Portugal); PEPINA(República Checa)

Outras notícias:

http://www.cegodomaio.org/1-o-encontro-erasmus-bon-appetit-europe/

Jornal espanholLa Nueva España

 

Planeta Saudável – Recusar, Reduzir, Reutilizar, Reciclar e Rot (decompor)

Para dar seguimento aos projetos em curso, “Planeta Saudável” dos alunos da educação pré-escolar do JI Pedreira 1, e “Do lixo à arte” dos alunos do 1º ano da EB1/JI Argivai, convidamos a socióloga, ambientalista, fundadora e embaixadora do “Movimento Lixo Zero Portugal”, Ana Milhazes, para conversar com os alunos sobre “Dicas para um planeta saudável”. Foi um privilégio ouvir o que a Ana partilhou sobre a poluição dos oceanos e o que acontece aos animais quando comem o plástico. Ficamos muito preocupados com os dados apresentados sobre o lixo que produzimos.

Ficamos a saber que não são três, mas cinco, as regras para o desperdício zero: Recusar, Reduzir, Reutilizar, Reciclar e Rot (decompor).

Prometemos alertar e ajudar os pais e outros adultos a mudar hábitos que poderão contribuir para um planeta mais saudável e mais sustentável.

Aproveitamos para informar que a Ana vai lançar o seu primeiro livro – “Vida Lixo Zero” e o seu lançamento acontecerá na loja FNAC do NorteShopping no dia 18 de janeiro às 18h. Estão todos convidados!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Projeto Con(s)CienciaArte da Fundação de Serralves

No âmbito do Eco-Clube/Programa Eco-Escolas, no dia 13 de janeiro, os alunos das turmas A e B do 8.º ano da Escola E.B. 2/3 Cego do Maio participaram no Projeto Con(s)CienciaArte da Fundação de Serralves. Os programas educativos apresentados constituem uma das mais marcantes áreas de ação no campo das artes, da sensibilização e consciencialização ambiental e aproximação à dimensão científica.

Os alunos puderam participar em três atividades educativas incluídas nas Oficinas do Ambiente:

  •  “Juntos somos mais fortes”, onde os alunos exploraram as relações de cooperação que se criam entre seres de espécies diferentes, tais como as relações de simbiose e mutualismo presentes nos líquenes e micorrizas. Inspirando-nos nestas relações de troca e partilha, os discentes cooperaram na construção de uma instalação coletiva para testar as suas próprias relações de amizade e colaboração e descobrir se juntos são mais fortes!
  •  “Biodiversidade dos cursos de água doce”, onde os alunos realizaram um percurso pelos pontos de água superficial e subterrânea do Parque e inventariaram a biodiversidade que lá habita, de forma a conhecer a qualidade biológica dos lagos do Parque através do estudo da sua comunidade biótica.
  •  “Biodiversidade urbana – construção de teias ecológicas”, onde os alunos recolheram seres vivos de vários habitats do Parque e tentaram organizá-los em cadeias, teias e pirâmides ecológicas como verdadeiros ecólogos.

Os alunos mostraram-se interessados e empenhados na realização das atividades propostas.

Salienta-se também o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim pela cedência do autocarro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Load more

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!