🥞La Chandeleur!!!

 “La Chandeleur”, comemorada no dia 2 de fevereiro, é uma doce tradição francesa que marca o fim dos dias escuros de inverno e traz esperança e prosperidade para a chegada da primavera.

Este ano, as professoras de francês lançaram aos alunos do 3.ºCEB o desafio de confecionarem os tradicionais “crêpes” com os seus familiares e de partilharem com toda a comunidade fotos das suas (in)experiências gastronómicas. Esta celebração ancestral – “Festa da Luz” – continua a iluminar as nossas famílias, numa deliciosa receita que mistura “gastronomie, langue et une grande dose de diversion”.

Para lembrar a tradição de confeção de crepes na escola, os alunos do Clube de Línguas meteram as mãos na massa e confecionaram deliciosos crepes, criando assim um saudável e doce momento de convívio.

As docentes de francês agradecem a todos os alunos e famílias o empenho e envolvimento nesta atividade e deixam aqui uma pequena amostra de todas as imagens recebidas.

🎭No Carnaval ninguém leva a mal

O Clube de Teatro “O Inventão” subiu ao palco , na manhã de 31 de janeiro, entre as 10:30 e as 11:20 no auditório da escola para celebrar o Carnaval.

🎪“Vem aí o Circo da Lua” foi o título que o clube escolheu para os vários “números” que apresentou. De forma aleatória, e  sem a preocupação de que o programa fizesse sentido, contou-se a história do palhaço Totó que perdera a vontade de representar porque algo o fizera suspirar e “espirrar minuto sim, minuto não”. “Vieram médicos, bobos, bombeiros, mágicos para o divertir … mas nada o fazia rir ou ficar melhor.”  Estaria o Totó apaixonado?  As brincadeiras prosseguiram porque “tudo aconteceu no Carnaval. Estávamos em agosto mas não fazia mal. Tinha havido uma avaria no calendário …”

Na plateia estiveram alunos das turmas 6.ºC, 6.ºD, 6.ºE, Ensino Especial e 9.ºE. Num espetáculo interativo cheio de cor, música e muito humor, todos riram, cantaram e responderam àquilo que os atores pediam ou perguntavam.

O clube repetirá o espetáculo no  final do 3.º período.

 

Dia da Internet mais Segura – 7 de Fevereiro – Viseu

No passado dia 7, o Projeto eduK’ARTE – e9G marcou presença nas oficinas digitais promovidas pelo Centro Nacional de Cibersegurança no âmbito da 21.ª edição do Dia da Internet mais Segura, que decorreu nos dias 6 e 7 de Fevereiro, em Viseu.

Esta aventura contou com a corajosa participação do aluno de 9º ano Vítor Silva e do coordenador do Projeto, Gonçalo Ferreira, que se fizeram deslocar até ao IPDJ Viseu para participarem num dia cheio de atividades.

Entre um leque variadíssimo de oficinas dinamizadas por profissionais de excelência, os dois participantes tiveram a oportunidade de integrar 4 workshops que foram decorrendo ao longo do dia. Eles foram:

– Data Detox

No qual foi proporcionada, pelo Centro Internet Segura, da APAV, uma sessão de sensibilização com o objetivo de transmitir boas práticas a jovens na sua utilização da internet, nomeadamente a proteção do utilizador, através do uso de palavras-passe mais seguras, e a segurança e privacidade em redes sociais.

– Virtualmente Seguros

Onde foi aberta uma conversa extremamente enriquecedora sobre as boas práticas na utilização da internet: Sabes o que é cyberbullying? Qual é a pegada que estás a deixar no mundo digital? O teu futuro pode estar comprometido com os teus reels de hoje? Estas foram apenas umas das questões que abriram esta discussão que proporcionaram um “abrir de olhos”.

– Prevenção do Uso Problemático da Internet: o papel da narrativa

Nesta oficina, promovida pela Instituto para os Comportamentos Aditivos e as Dependências (ICAD, I.P.), foi nos apresentado um recurso didático e interativo, em formato de videojogo, que tem como objetivo o desenvolvimento de competências socioemocionais como resposta preventiva para o desenvolvimento de comportamentos aditivos sem substância, nomeadamente problemas ligados ao jogo problemático, às redes sociais e cibersegurança.

– A Cibersegurança num Jogo Arcade!

Neste workshop foi abordada a questão da segurança digital, através da criação de um jogo ao estilo arcade, com arte pixelizada. Aprendemos a criar personagens, controlar movimentos, programar mecânicas de jogo e muito mais!

Estes foram, então, alguns dos workshops que marcaram este dia dedicado à segurança na internet. No entanto, quais as aprendizagens dos dois representantes do Projeto eduK’ARTE – e9G? Nas próprias palavras do Vitor Silva:

” – Aprendi a estar mais consciente sobre o meu dispositivo e os seus impactos, como por exemplo: as permissões que damos a aplicações, gerenciamento de contas/senhas,  tempo de ecrã, entre muitos outros! ”

” – Aprendi que de certa forma somos “enginorantes”, pois os conteúdos virtuais que nos aparecem e consumimos são filtrados de forma a termos a tendência a ficar nessa “bolha”. Por isso, devemos expandir os nossos horizontes e escapar dessa bolha de manipulações, aprendendo e experienciando a vida.”

“- Por fim, aprendi mais um pouco sobre programação, ensinando o computador, através de mini-games arcade de forma simples e descontraída com a ajuda de blocos de código.”

E assim ficou concluída esta aventura. Um grande agradecimento ao Centro Nacional de Cibersegurança e os seus parceiros, a todos os oradores e facilitadores que dinamizaram as oficinas, ao IPDJ e ao Programa Escolhas e às entidades promotora e gestora do Projeto eduK’ARTE-e9G, todas por terem proporcionado este dia dedicado a uma Internet mais Segura.

This slideshow requires JavaScript.

🕯️AECM promoveu Atividades em Memória das Vítimas do Holocausto

No período entre 22 de janeiro e 9 de fevereiro, a EB 2,3 Cego do Maio esteve empenhada em marcar o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, celebrado anualmente a 27 de janeiro. Esta iniciativa, promovida pela Equipa Erasmus, Grupo de História e Biblioteca Escolar, teve como objetivo principal prestar homenagem à memória das vítimas do Holocausto e promover a compreensão, a empatia e o compromisso com a construção de um mundo mais tolerante e inclusivo.

O tema desta ação em 2024 é «Reconhecer a coragem extraordinária das vítimas e sobreviventes do Holocausto». Assim, diversas atividades foram realizadas durante este período, envolvendo os alunos e destacando a importância histórica e humanitária deste evento.

Na Biblioteca Escolar, foram expostos painéis educativos com informações detalhadas sobre o Holocausto, incluindo dados históricos, estatísticas impactantes e eventos-chave, como os campos de concentração e extermínio. Além disso, foram apresentadas fotografias de pessoas cujas vidas foram tocadas por este período sombrio da história.

A exposição também contou com uma secção dedicada a livros relacionados ao Holocausto, proporcionando aos alunos uma oportunidade de aprofundar o seu conhecimento sobre o tema através da leitura de obras de ficção e não ficção.

Um dos momentos mais marcantes desta iniciativa foi o Seminário realizado pelos Alunos Erasmus no Auditório, no dia 8 de fevereiro, destinado aos alunos do 9.º ano, onde tiveram a oportunidade de partilhar as suas experiências durante a visita à Casa de Anne Frank em Amesterdão, no âmbito do encontro realizado nos Países Baixos no passado mês de novembro, destacando as emoções, descobertas e impacto pessoal que a visita teve sobre eles.

Esta iniciativa pretendeu promover a tolerância, a paz e o respeito pelos direitos humanos, valores fundamentais para a formação integral dos nossos alunos.

 

📽Oficina Digital | Cinema em ação

🧑‍🚀🥚Desafio Astro-Ovo | Clube Ciência Viva

O Clube de Ciência Viva Cego do Maio, durante o 2.º período, está a desenvolver o projeto “Astro Ovo-Desafio Criativo” proposto pela Esero-Portugal um programa educativo da Agência Espacial Europeia (ESA) para os alunos de todas as escolas do país.

Este projeto consiste na construção de uma “nave” de aterragem cujo passageiro será um ovo cru, o astro ovo. O objetivo é que este sobreviva ao impacto no solo aquando da aterragem de uma altura de 5 metros (2.º ciclo) e 7 metros (3.º ciclo). Sobreviver significa que o astro ovo não quebre para os participantes do 2.º ciclo e, no caso dos participantes do 3.º ciclo, além de não quebrar, não pode ter nenhuma fissura na casca.

Para a concretização do projeto, foi delineado pelos responsáveis do clube um plano de ação para várias sessões onde, entre outros, incluiu a apresentação do regulamento do projeto, atividades de investigação e experimentação para optimizar as melhores escolhas dos materiais de construção de modo a conseguir a eficiência máxima no impacto do astro ovo com o solo, construção e testes de voo. Neste momento alguns grupos já estão na fase de pré-testes e outros na construção. Depois do Carnaval todos serão submetidos ao teste final e, em caso de sucesso, serão enviados para a Esero-Portugal.

Se quiserem seguir o desenvolvimento dos trabalhos podem ir espreitando a página do projeto: https://padlet.com/clubecvcm/astro-ovo-liowrc9s1s9y443j

 

Made with Padlet

 

 

This slideshow requires JavaScript.

Encontro de Alunos Erasmus na Alemanha: Uma Experiência memorável

Cinco alunos do 9.º ano da nossa escola vivenciaram entre os dias 22 e 26 de novembro mais uma emocionante experiência Erasmus na Realschule em Bobingen, na Alemanha, mergulhando em atividades relacionadas com a  robótica e a sustentabilidade, tanto na escola local quanto na Universidade de Augsburg e no fascinante Deutsches Museum em Munique.

As atividades centradas na robótica proporcionaram aos alunos a oportunidade de aperfeiçoar as suas competências tecnológicas, trabalhando em projetos práticos e interagindo com estudantes e professores alemães. Além disso, a ênfase na sustentabilidade permitiu que os participantes explorassem soluções inovadoras para desafios ambientais atuais.

Durante a semana, os alunos e professores não se limitaram ao ambiente académico, pois também tiveram a oportunidade de vivenciar a rica herança cultural das cidades alemãs. Visitas a locais emblemáticos em Augsburg e Munique proporcionaram uma imersão nas tradições, história e arte deste país europeu.

Um aspeto notável deste intercâmbio foi o alojamento dos nossos alunos nas casas das famílias de alunos alemães, proporcionando uma experiência única de imersão na cultura local. No mesmo espaço, os alunos participaram ativamente com colegas de outras regiões, incluindo Espanha, representada por estudantes de Zamora e Jaén. As professoras acompanhantes, Ana Ribeiro e Mónica Brandão, tiveram ainda a oportunidade de observar duas aulas de Inglês e discutir práticas pedagógicas com outros professores e o Diretor, Arlindo Ferreira, realizou durante a semana uma atividade de jobshadowing que envolveu diversas tarefas, desde a análise organizacional até a integração de tecnologia na educação. Essa experiência incluiu a imersão na cultura da escola alemã e a colaboração intercultural.

Este intercâmbio não apenas ampliou os horizontes académicos e profissionais dos nossos alunos e professores, mas também promoveu o entendimento intercultural e fortaleceu os laços de amizade entre eles, os colegas alemães e os estudantes e professores espanhóis.

Parabéns aos alunos envolvidos por representarem tão bem a nossa escola e pela dedicação em absorver conhecimento num ambiente internacional! Está previsto que os parceiros de intercâmbio alemães e espanhóis de Jaén participem num encontro na nossa escola em outubro de 2024.

🌟Concurso | Exposição Rosa dos Ventos

Durante a primeira semana do mês de janeiro, decorreu no átrio de entrada da EB 2,3  um concurso/exposição de trabalhos, realizados individualmente pelos alunos do 7.ºAno, submetido ao tema “A Melhor Rosa dos Ventos-3D”, em materiais recicláveis.

Esta atividade teve como principal objetivo desenvolver a criatividade e o sentido de orientação dos nossos alunos, que reciclaram materiais diversos e deram “vida” a todas as Rosas dos Ventos, com muita criatividade e originalidade, oferecendo a toda a Comunidade Educativa uma panóplia de instrumentos de orientação, elaboradas no âmbito da disciplina de Geografia.

As docentes de Geografia pretenderam dar voz a todos os alunos do 3.º ciclo, através da sua participação cívica. Assim, os alunos votaram online na sua Rosa dos Ventos preferida e a sua eleição através do voto secreto, elegeu os três primeiros lugares, para que desta forma as suas opiniões sejam valorizadas, reforçando a gestão democrática da nossa escola.

Parabéns aos autores vencedores e a todos os alunos concorrentes!

📽Vídeo da Exposição da “Rosa dos Ventos” onde podemos visualizar os trabalhos elaborados pelos alunos do 7.ºano de escolaridade da Escola Cego do Maio e onde os alunos poderão  recordar o resultado das suas aprendizagens.

📽Oficina Digital | Casa Museu de Vilar

Oficina digital | Oficina de pixilação

Nos dias 9 e 10 de janeiro, no âmbito da disciplina de Oficina Digital os alunos das turmas D e E do 7.ºano realizaram uma Oficina de Pixilação, dinamizado pelo Serviço Educativo de Curtas Metragens de Vila do Conde.

Puderam experienciar diversas etapas do processo de elaboração de um filme nesta técnica e constatar que o trabalho de equipa é crucial para a concretização de um projeto bem sucedido!

Load more

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com