“Serei o que me deres … que seja amor”

Serei o que me deres … que seja amor”, é o lema desta campanha da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens.

Agitar consciências e contribuir para a implementação de políticas de prevenção: são estes os objetivos do Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, que todos os anos se realiza em abril.

Portugal está em estado de emergência por causa do coronavírus o que quer dizer que muitas das coisas que estamos habituados a fazer ficam limitadas. Mas esta situação vai passar. As coisas voltarão ao normal!

Famílias em situações vulneráveis podem ter uma experiência mais delicada nesta crise, devido a situações como doenças físicas ou mentais, abuso de álcool ou drogas, crime ou altos níveis de conflito. Os problemas na família podem piorar devido ao atual quadro e novos problemas podem surgir.

Este ano vivenciamos o mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância de uma forma diferente, no entanto, a Nossa preocupação continua e devido à falta do contacto privilegiado que temos com as crianças neste momento, a nossa preocupação aumenta. Estamos mais afastados… este afastamento aumenta a nossa preocupação… Estejamos atentos.

#TODOSJUNTOSSOMOSMAISFORTES

Na impossibilidade de podermos realizar este ano na escola uma atividade sobre este lema os alunos vão ser desafiados a fazer um laço azul com os materiais que têm em casa e colocar na janela ou à porta de casa.
Depois poderão deixar fotografias dos trabalhos na sala de aula da turma do Classroom e faremos uma montagem em vídeo para a edição de 2020.

Fica no entanto no dia de hoje a recordação desta mesma atividade nos dois anos anteriores, 2019 e 2018.